Emilia Ferreiro - Reflexões Sobre Alfabetização  (CONCURSO PREFEITURA DE FERRAZ) escrito em sexta 16 julho 2010 15:14

CONCURSO PÚBLICO DE FERRAZ DE VASCONCELOS , Emilia Ferreiro, LEMBRETE PEDAGÓGICO, Luciene Heloísa André, PREFEITURA MUNICIPAL DE FERRAZ DE VASCONCELOS - PROFESSOR I, Reflexões Sobre Alfabetização

O livro aborda o método da alfabetização a partir da psicogênese da língua oral e escrita, apresenta a visão da autora argentina Emilia Ferreiro  apresentando suas  pesquisas e demonstrando resultados significativos sobre os níveis de padrões evolutivos (pré - silábico, silábico, silábico - alfabético e alfabético).


Num primeiro  momento a autora apresenta a representação da linguagem no processo de alfabetização  deixando uma reflexão sobre os saberes que o aluno traz para a escola e como  esses devem ser trabalhados pelos professores.
Ressalta as concepções  das crianças a respeito do sistema de escrita apresentando ilustrações sobre diferenciações  interfigurais com crianças de 4  a 6 anos, a seguir aborda as concepções sobre a língua subjacente  a pratica docente apresentando discussões  sobre as estratégias e o uso dos métodos  no ensino indo do sintético ao analítico.   

A seguir discute a compreensão do sistema de escrita, como construções originais da criança  e informação especifica dos adultos,  apresenta construções originais das crianças,  e processos de aquisição da língua escrita no contexto escolar considerando a
aprendizagem da leitura e escrita como um processo de aprendizagem escolar que  se torna difícil reconhecermos que o  desenvolvimento da leitura e da escrita começa  muito antes da escolarização.


Emilia  Ferreiro é construtivista e baseia seus estudos nas idéias de Piaget seu mestre  e inspiração, é um importante subsidio para educadores principalmente  envolvidos com o processo de leitura e escrita (alfabetização), a mesma  apresenta as fases da  evolução da criança para a chegada na leitura ou no nível  alfabético, no Brasil e em vários paises suas pesquisas vem sendo usadas para  melhorar a qualidade do ensino e principalmente na tentativa de incluir as  classes menos favorecidas nesse processo de alfabetização.


O livro então constitui-se  num manual pratico e prazeroso de conhecimento e reflexões sobre a questão da alfabetização,
tema importantíssimo principalmente para educadores e estudantes de educação.

Embora publicado em meados da década de 80, o livro continua atual por tratar de questões sempre lembradas na Alfabetização, sobre tudo no que diz respeito à construção da língua escrita. Obra de grande valor conceitual fornece elementos para o estudo, à reflexão e a discussão de diferentes temáticas com abordagem clínica psicopedagógica relacionado ao processo de aquisição da língua escrita.Prefaciado pela professora Telma Weiz, o livro traz à tona discussões sobre a escrita como sistema de representação, as concepções da criança a respeito do sistema de escrita, construções originais das crianças e o processo de aquisição da língua escrita no contexto escolar.Em todo o livro, procura-se mostrar (através das experiências feita pela autora) que a criança trabalha cognitivamente, e que assim procede diante da escrita. Esse trabalho cognitivo fica evidente quando encontramos um capítulo, que trata especificamente do tema “Construções originais das crianças”, desmistificando a visão de que só o adulto é o ser pensante no processo de construção da escrita.O livro, mesmo tratando de experiências feitas utilizando o “método clínico” próprios dos estudos piagetianos, mantém uma coerência interna, na medida em que o livro tem também um caráter pedagógico.Mesmo tratando de temas familiares ao contexto docente (nesse caso a alfabetização), o livro traz um diferencial positivo, olhar a aprendizagem na perspectiva daquele que aprende (a criança). No entanto o objetivo do livro, não é servir como um manual de ações pedagógicas, mas sim suscitar questões pedagógicas a partir de experimentos clínico-psicopoedagógico. Tentando acabar com a visão adultocêntrica da aprendizagem, isto é, que só se pode aprender de uma única maneira, a maneira do adulto. Quando na verdade a pesquisa da autora vem mostra que a criança tem um jeito próprio de aprender, e tem critérios que segue convictamente.

FONTE:

http://pedagogia.tripod.com/emilia_ferreiro.htm

http://www.professorefetivo.com.br/resumos/Reflexoes-Sobre-Alfabetizacao.html

CONCURSO PÚBLICO DE FERRAZ DE VASCONCELOS PARA PROVIMENTO DE CARGOS -PROFESSOR I

"LEMBRETE PEDAGÓGICO", assumindo um compromisso com a educação para que o  futuro da nação, seja bem mais reflexivo, inclusivo, dinâmico e democrático. Traga  suas  idéias e   junte-se aos grandes  pensadores! Divulque, comente e participe!!!

Luciene Heloísa André.

 

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.226.168.96) para se identificar     


6 comentário(s)

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Ter 13 Set 2011 16:44
    Olá Márcia, desculpe-me mas não tenho essa informação. Consulte a Editora.

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Sáb 11 Dez 2010 23:22
    Elaine, acesse o link e confira informações sobre Emília Ferreiro. Peça mais informações no GOOGLE. Obrigada pelo acesso! Lucy.

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Seg 29 Nov 2010 12:05
    Eunice, obrigada pelo acesso! Lucy.

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Seg 29 Nov 2010 12:05
    Eunice, obrigada pelo acesso! Lucy.

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Seg 29 Nov 2010 12:05
    Maria de Fátima, obrigada pelo acesso! Lucy.

  • pedagogiaunicidiesdeguaianas Sáb 13 Nov 2010 22:18
    Psicogênese, talvez seja a palavra Mestre, o carro-chefe, do seu glossário, pois conforme aponta os estudos da autora a psicogênese da língua escrita, que compreende os processos que envolvem a aprendizagem da leitura e da escrita, é o tema em questão abordado por Emilia Ferreiro.

    Destacam-se ainda as palavras escrita, aprendizagem, processo, construção e conhecimento, Educação – Alfabetização – Teoria – Inclusão . É claro que ao ler detalhadamente a obra, encontrará palavras que, reunidas em um glossário facilitarão bastante os estudos dos pesquisadores. A seguir, relacionei alguns links que poderão ajudá-la em sua pesquisa. Bons estudos e até mais:
    http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/alfabetizacao-inicial/crianca-escrita-428293.shtml

    http://www.professorefetivo.com.br/resumos/Reflexoes-Sobre-Alfabetizacao.html

    http://pt.shvoong.com/social-sciences/education/1618470-psicog%C3%AAnese-da-l%C3%ADngua-escrita/


    http://andreagalvao.files.wordpress.com/2010/04/psicogenese-da-lingua-escrita.pdf


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para pedagogiaunicidiesdeguaianas

Precisa estar conectado para adicionar pedagogiaunicidiesdeguaianas para os seus amigos

pedagogiaunicidiesdeguaianas
pedagogiaunicidiesdeguaianas | 5 fans

Adicionar aos meus amigos | Escrever uma mensagem

 
Criar um blog