COLAÇÃO DE GRAU - NORMAS E PRODECIMENTOS  (UNICID/ MEC) escrito em segunda 14 março 2011 16:31

COLAÇÃO DE GRAU, FORMATURASWEB, LEMBRETE PEDAGÓGICO, LUCIENE HELOÍSA ANDRÉ, MANUAL DE FORMATURA DA FA

A Colação de Grau é uma das mais importantes e tradicionais cerimônia acadêmica. É ato oficial - realizado, via de regra, em sessão solene e pública - de outorga de grau aos alunos que concluíram curso superior de graduação.
Por tratar-se de ato oficial da Universidade e por exigir protocolo especial, a cerimônia de Colação de Grau deve ser conduzida pelo Setor de Cerimonial da Instituição e orientada pelas normas por ela definidas

- DOS REQUISITOS

Faz jus ao recebimento de grau acadêmico e ao correspondente Diploma o aluno regular que concluir curso de graduação com observância das normas legais pertinentes.
A Colação de Grau dar-se-á, necessariamente, mediante solicitação formal do aluno concluínte. O pedido da colação de grau deverá ser protocolado pelo interessado, no mínimo 6 (seis) meses antes da conclusão do curso, na época prevista em Calendário Acadêmico.

- DA COMPETÊNCIA

A Outorga de Grau compete ao Reitor, sendo que, em seus impedimentos, deverá ser obedecida a seguinte hierarquia, por delegação de competência:
- ao Vice-Reitor;
- Aos Decanos;
- Aos Diretores de Núcleos, Campi e Centros Acadêmicos.

- DA DISPENSA

Não haverá dispensa de colação de grau, uma vez que a realização desta é condição imprescindível para a emissão do correspondente diploma.

TIPOS DE OUTORGA DE GRAU

- SOLENE: é realizada com veste talar (toga) e com a presença de um paraninfo, homenageados e orador, em local escolhido pelos formandos e em data e horário a serem definidos entre o Cerimonial da UCS com as comissões de formatura. As datas e os horários serão estabelecidos através de sorteio.

- NÃO-SOLENE: é realizada em local designado pela Instituição, em dias úteis, congregando alunos de vários cursos ou com todos os alunos de um 3 mesmo curso. Não é utilizada veste talar e não são indicados paraninfos, homenageados e oradores.

- GABINETE: é realizada no Gabinete do Reitor, nos casos em que o formando não pôde comparecer, por motivo imperioso, à formatura solene ou não-solene.

PROTOCOLOS PARA A COLAÇÃO DE GRAU SOLENE

- Nome da Turma (opcional): o nome de turma, em geral, é um professor ou profissional da área, que, através de seu exemplo ou prática docente, inspirou os formandos e agora é homenageado emprestando seu nome. A pessoa escolhida não terá tempo disponível para realizar discurso durante a colação de grau.

- Paraninfo: é o padrinho da turma e quem, formalmente, recomendará o bom desempenho dos formandos perante à sociedade, nas funções que porventura vierem a exercer. O paraninfo é a pessoa que conduz os formandos na entrada do salão, e entrega os certificados aos seus afilhados. Este também deverá proferir mensagem formal na solenidade de Colação de Grau, não podendo, sob qualquer hipótese, ultrapassar o tempo limite de dez minutos.

- Patrono: é um professor que se destaca do corpo científico da área do Curso, de reconhecida competência e padrão de referência na área específica de conhecimento. O patrono significa o cargo máximo na hierarquia das homenagens; porém, a figura do mesmo não é obrigatória. O patrono não discursa na cerimônia de colação de grau.

- Professor e Funcionário Homenageados (opcional): os homenageados são pessoas que no cotidiano das relações acadêmicas e administrativas, tiveram mais proximidade e afinidade com a turma de formandos, e por isso mereceram o reconhecimento e gratidão da mesma. Cada turma poderá homenagear um professor e um funcionário. Estes, não realizam discurso durante a cerimônia de colação de grau.

- Orador da Turma: os formandos escolherão, dentre eles, o seu orador. A responsabilidade do orador é elaborar um discurso à altura da importância da solenidade. É aconselhável que o orador apresente antecipadamente o discurso à turma para aprovação, uma vez que estará falando em nome de todos. O discurso não poderá ultrapassar, sob qualquer hipótese, o tempo limite de dez minutos; sendo que no final do mesmo, o orador fará o requerimento de colação de grau.

- Juramentista: os formandos escolherão, dentre eles, um aluno que pronunciará o juramento durante a solenidade de Colação de Grau.

- Quem faz uso da palavra? Algumas personalidades têm voz obrigatória; o presidente da mesa, o paraninfo, o orador da turma, o juramentista, o orador da homenagem aos pais e outras personalidades enumeradas pelo protocolo, farão uso da palavra durante a cerimônia de colação de grau.

- DISCURSOS:

para o Embaixador Estellita Lins, a estrutura de saudação ou discurso deve incluir a invocação a quem se saúda, dando-lhe o nome, os títulos, cargos ou função bem como elogios. Alguns cuidados deve-se ter ao proferir um discurso, como: pronunciar bem as palavras e construir bem as frases, pronunciar corretamente as palavras, não suprimindo o final delas, não baixar a voz no final das frases. O bom discurso deve ser curto, sucinto, sereno e objetivo. Sua duração deve orientar-se pela expectativa que se cria. Um discurso de formatura de um paraninfo ou orador pode durar até cerca de cinco minutos, tempo suficiente para que o orador esgote os assuntos. Os oradores devem ter em mente que a formatura é um ato solene, caracterizado pelo final de uma longa caminhada. Em formaturas que agregam vários cursos, é recomendável que, no máximo, três paraninfos e três oradores se pronunciem.

- CONVITE

A mensagem que consta no convite deve transmitir o que é o evento. No envio do convite, o receptor dever ser atingido pela emoção, que o fará mudar de comportamento. O convite deve trazer todos os elementos informativos que o receptor espera, para participar de tal cerimônia, como: data, horário, local (cidade/estado), endereço, quem convida, confirmação de presença, traje e a nominata das Autoridades Acadêmicas, responsáveis pela graduação.

Lista de convidados e distribuição de convites:

Cabe aos formandos formularem a lista de convidados. As Universidades sugerem enviar convite ao Reitor, Vice-Reitor, Pró-Reitor de Graduação, Diretor do Centro, Coordenador ou Orientador do Curso, Chefe do Departamento e professores do curso. Este último poderá ser coletivo.

- Texto do Convite:

- Nome completo da Universidade e seu símbolo (Logomarca);

- Nome do Centro;

- Convite formal, mencionando dia, local e hora das solenidades;

- Nome dos homenageados, Patrono, Paraninfo e Orador (a função ou o cargo do Patrono e Paraninfo é quem define a ordem).

- Homenagens de Honra (deverão ser, obrigatoriamente mencionados os nomes e cargos dos escolhidos);

- Relação, em ordem alfabética, contendo o nome, por extenso, de todos os professores homenageados;

- Juramento oficial para Colação de Grau

- Relação dos formandos, por extensão, em ordem alfabética;

- Será feito um destaque ao nome do Orador e ao aluno que conduzirá o Termo de Juramento;

- Poderão ser incluídos agradecimentos especiais e fotos da Turma;

- Traje e confirmação de presença.

 

*Fonte de consulta: MANUAL DE FORMATURA DA FAI e Regulamento das Solenidades de Colação de Grau e de Entrega de Certificados da Universidade de Caxias do Sul.

 

CRÉDITOS: http://www.formaturasweb.com.br/colacao-de-grau.asp

 

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.166.122.65) para se identificar     

Nenhum comentário
COLAÇÃO DE GRAU - NORMAS E PRODECIMENTOS


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para pedagogiaunicidiesdeguaianas

Precisa estar conectado para adicionar pedagogiaunicidiesdeguaianas para os seus amigos

pedagogiaunicidiesdeguaianas
pedagogiaunicidiesdeguaianas | 5 fans

Adicionar aos meus amigos | Escrever uma mensagem

 
Criar um blog